Saiba mais sobre a Criação Neurocompatível.


Bebês não têm que aprender limites.


Os bebês humanos ainda nascem como os primatas mais imaturos neurologicamente de todos, com apenas 25% de seu volume cerebral. Eles não têm nenhuma condição de entender ou se acostumar "que não podem tudo". O que mais escraviza a criação é o medo de estar gerando "um ser que pode tudo". Isso é mentira.

O comportamento evolui a medida que o cérebro amadurece. Aliás, essa é uma condição da infância... a imaturidade. Nada que um bebê pode ou não fazer faz sentido, exceto a proximidade do corpo da mãe. Essa é uma realidade biológica, ouça seu coração.

Psicóloga Márcia Tosin.

Curta nossas páginas nas redes sociais e veja mais postagens como essa!

example photo

example photo

A autoestima do seu filho!


Você precisa educar para que seus filhos acreditem que são capazes. Eles devem saber que podem inventar, aprender, desaprender, reinventar e reaprender. Então:

  • 1. Peça a opinião deles;
  • 2. Dê a oportunidade de serem bons em algo que amem. Engenharia e medicina não são os únicos trabalhos que trazem sucesso ou tranquilidade;
  • 3. Parabenize o esforço e não o resultado;
  • 4. Não fique falando das suas dificuldades, observe no que são bons;
  • 5. Não peça desculpas pelo comportamento deles;
  • 6. Não deixe que a pressão social te obrigue a agir de uma maneira que você não quer;
  • 7. Esqueça que deve ensinar que "atos têm consequências", ele já sabe disso desde que nasceu. Punição não melhora as pessoas. Se sentir mal não torna ninguém bom.
  • 8. Fale das suas próprias falhas. Ensine que a humanidade cresce com o erro. Errar é a melhor forma de alcançar e aprender.
  • 9. Mostre que a paciência ninguém lhe tira, porque ela é interna;
  • 10. Não faça por eles o que eles podem fazer sozinhos. Mas seja sempre gentil.
  • 11. Valide todas as suas emoções. Todas as formas de sentir são bonitas e dignas. Não diga para pararem de chorar. Não há nada de errado com nenhuma emoção.
  • 12. Seja grato pelo filho que tem. Agradeça todos os dias pelo maior presente que a vida te deu. Mesmo com os desafios, comportamentos difíceis e complexidades da criação. Afinal, o que lhe abrirá portas é a maneira que ele se enxerga e as crianças se enxergam através dos olhos de seus pais.

Psicóloga Márcia Tosin.

Curta nossas páginas nas redes sociais e veja mais postagens como essa!


Ensine uma criança escrever aos 7 anos.


Ensine uma criança escrever aos 7 anos e ela aprenderá em menos de 1 mês. É próximo aos 7 anos que o cérebro está preparado para a aprendizagem da escrita. Nessa idade o cérebro completa o desenvolvimento das áreas 23, 44 e área de Brodmann que são importantes para a transformação do grafema em fonema.

A função da pré-escola é a estimulação. O brincar é um importante incentivador da leitura (lembre-se que as palavras são símbolos e o faz-de-conta é simbólico, como dar vida aos bonecos, fingir que está comendo de mentirinha, etc.). As crianças não aprendem quando forçadas, mas sim por prazer. Chega de pressão, castigos e diagnósticos de desatenção. O processo acontecerá paralelamente com a troca dos dentes.

Psicóloga Márcia Tosin.

Curta nossas páginas nas redes sociais e veja mais postagens como essa!

example photo

example photo

Quanto menos brinquedos melhor!


  • 1. As crianças expostas a um número menor de brinquedos formam interações mais ricas e mais completas com esses brinquedos.

  • 2. Menos brinquedos não competem com a atenção, facilitando o desenvolvimento desse construto.

  • 3. As crianças têm menos preguiça de guardar os brinquedos.

  • 4. A criatividade é maior quando explorada sempre com o mesmo brinquedo.

  • 5. Sua mãe fazia boneca com palha de milho... ela não deixou de brincar por não ter brinquedos.

  • Invista no minimalismo.

    Psicóloga Márcia Tosin.

    Curta nossas páginas nas redes sociais e veja mais postagens como essa!


    Compartilhando brinquedos.


    A criança abaixo de 5 anos ou concentra nela mesma ou no outro. Para dividir, ela precisa perceber os dois ao mesmo tempo, algo que só começa a desenvolver após os 5 anos de idade.

    Quando alguém diz que "faz emprestar o brinquedo para aprender a dividir" só está forçando um processo que ainda não amadureceu (e forçar, não faz com que desenvolva mais rápido). Está tendo dificuldades? Abaixe a expectativa de partilha. (E sim, isso também é difícil para as crianças mais velhas).

    Psicóloga Márcia Tosin.

    Curta nossas páginas nas redes sociais e veja mais postagens como essa!

    example photo

    example photo

    Não precisa acordar a criança para ir ao banheiro.


    Não adianta nada "tabelinha de noites secas" (não depende da vontade da criança) e nem qualquer outra técnica que tenham lhe ensinado. Também é horrível chamar a atenção "de forma delicada" porque não depende dela. O processo se consolida sozinho.

    Se passar dos 6 anos, eu recomendo tratamento com psicólogo comportamental para uso de alarme de enurese (conforme Projeto de Enurese da USP), mas sabendo que até 12 anos quase 100% das crianças têm a remissão completa dos sintomas. O uso de alarme é considerado padrão-ouro de tratamento, mas deve ser acompanhado por um psicólogo.

    Psicóloga Márcia Tosin.

    Curta nossas páginas nas redes sociais e veja mais postagens como essa!


    A independência não pode ser ensinada.


    A independência é um processo e não um aprendizado. Seu filho lhe parece dependente? Parabéns! Você esta fazendo um ótimo trabalho!

    Quanto mais dependente na infância, mais seguro na vida adulta. A dependência é uma condição para a independência.

    Psicóloga Márcia Tosin.

    Curta nossas páginas nas redes sociais e veja mais postagens como essa!

    example photo